BE HAPPY


Napoleão Tupi e a garrafinha da academia
espalhando a mensagem que não pode ser esquecida..
BE HAPPY!

CAMINHO DO ITUPAVA 2018 - ESSA FOI 10

"Não procure Deus olhando para o céu. O procure em cada par de olhos, nas árvores, nas montanhas, em cada abraço e também nos animais. Como? Quando você enxerga Deus dentro de você mesmo, verá que é fácil o reconhecer em todos os lugares."

Sabadão dia 28/04 durante o feriadão de PRIMEIRO DE MAIO aproveitamos a onda de tempo seco, céu azul e calor que está estacionada por aqui faz duas semanas e simbora botar o PÉ NA TRILHA pelo CAMINHO DO ITUPAVA. 


Não foi a primeira vez que estive nessa região da Farinha Seca e Marumbi.

2000 - Marumbi com KID e BINDER
2003 - Marumbi com Rubi e J.R.
2008 - Itupava no feriado 15 de Novembro.
2010 - Anhangava e Pão de Loth com RUBI e MILDO JR
2011 - Itupava com 12 da turma do BETO.
2012 - Itupava com a Rubi e com o meu PAI.



Dessa vez a turma foi o pessoal do PÉ NA TRILHA + alguns kamaradas do JOPZ em um grupo de DEZ PESSOAS.  

Quem agitou a descida foi o BETO JANECZKO, mas ele trocou a descida pela travessia do LAGAMAR. 


Quem foi:

JOPZ da B1B

LEANDRO (TAG) da PÉ NA TRILHA

ANGELA da PÉ NA TRILHA

KELVIN da PÉ NA TRILHA

COMPADRE PIVA da EQUIPE GARBIN DE CORRIDAS DE RUA

FELIPE (AFILHADO) da EQUIPE GARBIN DE CORRIDAS DE RUA

ELOIR WEBER da EQUIPE LADA NIVA FOREVER

VANESSA JANECZKO da AMC e sua miguxa FABIANE

DANIEL (DAGU) do blog DAGUVASCO


Cabem até 15 pessoas na VAN mas optei em limitar o grupo em 10 pessoas porque assim a descida rende + para - , atrasa -  etc etc etc) e no fim deu certo... 

Até surgiram alguns  outros interessados, mas como sempre na HORA H são poucos os que de fato confirmam presença. 

Mas por certo que quem tinha que ir estava lá... MAKTUB.


Fechamos a trilha com 6:23h (tempo em movimento) e 10h de tempo total. 

Quilometragem do IAP até a VAN (Santuario Nhundiaquara) foi de 24,3Km.

Paradinha na Cachoeira, na Gruta, na Casa do Ipiranga, outra cachoeira, na Represa Véu de Noiva, no Cadeado e até um TCHIBUM no NHUNDIAQUARA lá embaixo da serra... ou seja... descida para conhecer e aproveitar.



Dessa X não vimos caranguejeiras, mas o FELIPE viu um macaco. Necas de cobras. No posto do IAP lá embaixo encontramos o WALDEMAR NICLEVICZ que está em fase de preparação para sua empreitada 4.000 dos ALPES.

Fui a pé da minha casa até o PONTO DE ENCONTRO que era em frente ao SHOPPING CURITIBA. Logo de cara matei um DOGÃO porque esse sim é um bom CAFÉ DA MANHÁ. Saída as 6:25h.

Contratei a CORREA TUR e deixo aqui um voto de RECOMENDAÇÃO, Van da FIAT , viatura nova, limpinha, pontual e com motorista cuidadoso. 

Contato: 41 9723 2160 com Emerson ou Eduardo.


Dia seco, nublado, levemente abafado. Esperava encontrar + gente na trilha. Saída do IAP as 7:30h da manhã já estávamos com o PÉ NA TRILHA a todo vapor. Aquecimento até a gruta do PÃO DE LOTH / BOA VISTA que é o ponto que marca o INICIO DA DESCIDA. 


Para saber mais sobre a história do CAMINHO DO ITUPAVA acesse esse LINK


6 anos após minha ultima descida, achei a trilha com cara de ABANDONADA. 

As pontes de madeira estão podres, caindo, meio penduradas, precisando de manutenção URGENTE. 

A grutinha que marca o inicio da descida (entre o Pão de Loth e o Boa Vista) está irreconhecível de tanta pichação. 

A casa do IPIRANGA pode mudar de nome para FAVELA DO IPIRANGA. 

A segunda grutinha pra pegar água lá no santuário do cadeado desbarrancou e não tem como acessar. 

Enfim, o único local que permanece aparentemente igual é a REPRESA VÉU DE NOIVA. 

Apesar desses problemas, o caminho continua bonito. A Floresta continua dominante com sua beleza e energia. O plano agora é fazer uma descida NOTURNA aproveitando a LUA CHEIA. 

 Felipe o cara que mais se divertiu nessa trilha e JOPZ na CASA DO IPIRANGA.

 Jopz andando na linha!



 Tai a famosa RAIZ DO LAGARTO




Pra terminar a pernada em grande estilo uma parada na POUSADA DONA SIROBA, onde sempre fomos bem recebidos. Banheiros limpos. Comida boa. Dessa vez ficamos só nos petiscos e ORIGINAL GELADA.



Hoje em dia o CAMINHO DO ITUPAVA não é mais uma ROTA COMERCIAL, é apenas um trilha para passeios e caminhadas. Não tem mais um sentido econômico, apenas turístico e ecológico. Então para fechar o meu relato, lembrei das tantas e tantas pessoas que já passaram por esse mesmo caminho ao longo desses ultimos SÉCULOS, pisaram nessas mesmas pedras, trabalhando como ESCRAVOS, COMERCIANTES,CAÇADORES, MERCADORES, enfim, gente de todos os tipos, raças, crenças etc etc etc, para todos esses que por algum motivo tiveram que passar por ali e superar seus limites físicos e espirituais, deixo uma frase de SANTO AGOSTINHO:


As pessoas viajam para admirar a altura das montanhas, as imensas ondas dos mares, o longo percurso dos rios, o vasto domínio do oceano, o movimento circular das estrelas, e no entanto elas passam por si mesmas sem se admirarem.
Santo Agostinho



by JOPZ da BASE1 BRASIL 
em abril de 2018.

TUCUM 6 ANOS DEPOIS...


Depois de 6 anos sem aparecer nessa trilha, sabadão 21 de abril 2018 (FERIADO TIRADENTES), retornamos ao cume do CAMAPUÃ e TUCUM na belíssima SERRA DO IBITIRAQUIRE. 

Dia de céu azul, sol, pouco vento, perfeito para uma trilha de montanha. 



Quem foi?

JOPZ E RUBI da BASE1 BRASIL
LEANDRO E ANGELA da PÉ NA TRILHA
THIAGO da PÉ NA TRILHA
KELVIN da PÉ NA TRILHA
MANU


O ponto de encontro foi no POSTO TULIO IV ali na BR 116 prox. do portal da Graciosa. Banheiros limpos, Lasagna saborosa, Pão de Queijo crocante, WI-FI funcionando, tudo bem aproveitado até o pessoal chegar e simbora para FAZENDA DA BOLINHA rever a D. Marlene e os seus gatos... infelizmente os gatos se foram, mas ela estava lá e nos recebeu com a mesma simpatia de sempre.

Surpresa mesmo foi encontrar o local BOMBANDO de tanta gente, mais de 30 carros, gente pro Ciririca, pro Tucum, pro Cerro Verde, affffg.... vamos procurar umas trilhas mais alternativa pra fugir da MUVUCA, mas por outro lado foi legal porque reencontrei o OTAVIO que conheci nas reuniões do grupo de montanhistas AMC e desse vez estava na equipe da ANNA WANKE TURISMO DE AVENTURA.


Ritmo de passeio, gastamos 5h pra subir e 3:30h pra descer. 

Chamou atenção que vimos muita vida silvestre... dois mutuns na estrada, um mutum na trilha, uma caranguejeira na toca, e a cereja do bolo: DOIS MACACOS !!! 




Lá no cume do TUCUM rolou POLENTA COM LINGUIÇA entre outras comilanças. Durante a semana eu fui no mercado, comprei uma LINGUIÇA PORTUGUESA de primeira, fritei com BACON, deixei no papel toalha para retirar o excesso de óleo, guardei num tupperware e levei o fogareiro só pra ESQUENTAR... junto com a polenta fez uma combinação perfeita. Parabéns para ANGELA pelo tempero caprichado polenta TOP. 

De sobremesa PAÇOQUINHA e BOLO. 


CONCLUSÃO: apos mais de 5 anos sem sujar as botas nessa trilha, o que eu percebi é uma intensa degradação da trilha... esta bem aberta, na parte das pedras há muitos caminhos alternativos, a famosa arvore entalhada da bifurcação do CIRIRICAXTUCUM caiu !!!! botaram uma placa no local... as áreas de acampamento se multiplicaram como pipocas na panela. Porém tem MENOS lixo jogado e acho que isso faz parte de um processo natural de crescimento, popularização das trilhas, etc etc etc... 

... e a "culpa" é de quem? do progresso? da internet que facilita o acesso a informação? do GPS que nivela o acesso as trilhas? Nivela POR BAIXO diga-se com toda enfase. Parece que qualquer um pode fazer qualquer trilha se tiver um GPS na mão. Mas na prática não é assim... já entrei em trilha que GPS não deu conta. 

... e de certa forma é aquilo que o kamarada ELCIO DOUGLAS já profetizou décadas atras para a trilha do PP e afins... quem gosta e curte essas trilhas em sua forma primitiva e selvagem vai acabar fugindo e buscando alternativas, porque assim como ele eu gosto de trilha no mato pra andar sozinho, no silencio, ouvindo os BICHOS, ouvindo a água correr sobre as pedras, e não aquela MULTIDÃO com criança fazendo correria e gritaria no cume do CAMAPUÃ (nada contra as crianças, só que prefiro ouvir os pássaros)... 

... felizmente existem mil alternativas ENTÃO SIMBORA PRAS TRILHAS MAIS FECHADAS, ABANDONADAS, CHEIAS DE TAQUARAS, CARAGUATÁS, SACIS E BOITATÁZ, porque pra ver GENTARADA eu vou ao SHOPPING e não pro MATO.


 Linguiça Portuguesa com Bacon.. fritei na sexta... detonamos no sabado...


 Subida light... só levei essas tralhas + comida.


 Solar TAG. Ponto de partida no TAGMOVEL. Aquilo na garagem é um FORD GT?

 Lasagna delicia no Posto Tulio. Café da Manhã dos Campeões!!!


 






Foi um sábado MUITO bem aproveitado e inesquecível.
Xupa essa PS4!
Obrigado a todos pela companhia e paciência.
Até a próxima!

JOPZ - BASE1 BRASIL - ABRIL 2018

PEDAL GORDICE - CASANOVA HAMBURGUERIA - X-GAÚCHO

Ontem fizemos mais uma PEDAL GORDICE, ou seja:

- primeiro uma pedaladinha LIGHT 
- depois uma comilança GORDA. 

Dessa vez o escolhido foi a CASANOVA HAMBURGUERIA que fica ali na Almirante Gonçalves 1097 no REBOUÇAS. Eles fazem sanduíches chamados de X-GAÚCHO, com tamanho exagerado de 18cm (maior do que o prato), e podem ser de Mignon, Picanha, Costela, entre outros. Vale destacar que tem opção VEGETARIANA. 

Jopz curtiu e recomenda.








POR DO SOL





CHIHUAHUA ANGEL STAR


Nossa rechonchuda ANGEL STAR trabalhando...
Sei...

TUCUM DAS ANTIGAS - 2007 - DOIS LEANDROS

Esse é +1 post assombração aqui no BLOG-CEMITÉRIO do JOPZ. 

Aventura de 2007 (não sei a data exata) com a tchurma abaixo, e só agora percebo que deve ter sido a única montanha que eu fiz até hoje que só foram casais, então tai:

JOPZ e RUBI, 
LEANDRO (TAG) e ANGELA, 
LEANDRO FAVERO e MI FAVERO... 

Dia bonito. Batismo de montanha. Céu azul e muita disposição do pessoal.

Os tempos corrigidos, tirando as paradas para almoço etc etc foram aprox. esses...

00:30 - Da fazenda Bolinha até a arvore rachada
02:15 - Da fazenda Bolinha até a clareira no inicio do Camapuã
03:30 - Da fazenda Bolinha até o cume do Camapuã
00:30 - Do cume Camapuã até o cume do Tucum.

Mas sabe o que é o melhor de todas essas lembranças?

é que SABADÃO tem + !!!